segunda-feira, 30 de junho de 2008

É Massachusetts na cabeça, minha senhora!

Oiiiiii, gente!

Primeiro post pós-férias. U-hu! Então, gente, senta que lá vem história. A Gi contou um pouco da nossa aventura em terras massachusettianas (acabei de inventar, rá!), então não vou ficar enrolando muito. Só falar que a nossa semana de férias foi do caralho!!

Contrariando todas as expectativas, descobrimos que Boston é uma cidade liiiiiiiiinda e com muita coisa pra se fazer, sim, senhor. Ficamos hospedadas na casa da tia Judy, que na verdade é tia da minha host mas foi adotada por mim e pela Gi, hehe. Ela mora em Peabody (uma cidadezinha a 30 min de Boston e do lado de Salem) e foi muito, mas muuuuuuuuito acolhedora, levou a gente pra lá e pra cá, ajudou pra caramba, fez coisas de mãe, mesmo. Beijo pra tia Judy!

Resumindo a semana, passamos pelos pontos turísticos básicos de Boston: Boston Common e Public Garden (o parque e o jardim público mais antigos dos EUA, simplesmente lindos!); Fanueil Hall e Quincy Market (tipo o "mercadão" de Boston); Copley Square, que tem a Trinity Church, a Boston Library e a Hancock Tower; Science Museum; Museum of Fine Arts... meu, é coisa pra caramba, sem contar a arquitetura das casas, que são super antigas e têm todo um ar de história... Boston é absolutamente linda, me encantei. Também fomos pra Cambridge, visitar a Harvard University. Jesuis, que emoção pra uma nerd como eu passear naquela universidade onde só os crânios mais crânios conseguem entrar, hehehe.

Além de Boston, passamos também por Salem (a cidade das bruxas), Portsmouth, em New Hampshire, que é tipo uma cidadezinha costeira, e Rockport. Essa última merece um comentário à parte - a Gi que o diga, pq ela não aguentava mais ouvir eu dizendo que tinha me encantado com Rockport, heheh. Então, sabem aquelas cidadezinhas de faz-de-conta, com casinhas coloridas, lojinhas fofas e etc? Rockport é exatamente assim. Na verdade a gente foi pra lá pensando em pegar uma praia, mas como São Pedro resolveu não colaborar durante vários dias da semana, acabamos ficando na cidade e, na boa, não rolou um arrependimento, não. Tirei umas trocentas fotos e, mesmo com o céu cinza, Rockport provou ser um lugar tão cute que fez até as minhas fotos tabajara ficarem boas. Depois dessa propaganda, fica aí a dica pra quem for até Boston: mexa seu traseiro e pegue um trem com destino a Rockport. Só leva meia horinha e vai render ótimas fotos e fazer um bem danado pro seu espírito. ;-)

Aí chegou o sábado, o dia do show do Pearl Jam. Depois de a gente se perder na highway várias vezes (pq como guia eu sou uma ótima revisora), chegamos a Mansfield e aí, minha senhora, foi só alegria. Ver a minha banda favorita ao vivo aqui na gringa foi lindo, lindo, liiiiiiiiiindo - só fiquei meio perdida no começo, pq as músicas estavam meio lado B pro meu gosto e eu não sabia as letras inteiras. E show na gringa é assim: ou vc sabe cantar a música, ou fecha o bico, pq fazer embromation aqui é queima filme total, hehehe. Mas aí eles tocaram as minhas preferidas e ficou tudo muito bem, valeu cada centavinho esse show! Foi ótimo pros meus ouvidos, pro meu humor, e pra desmistificar a idéia de que americano não agita em show (né, Dreza?): a gringaiada se empolgou MUITO, todo mundo cantou junto, foi lindo demais.

E agora é hora de voltar à vida real, hehe. O saldo da semana? Comprovei que Boston é muito bonita - e os homens de lá também, ô terra boa! -, adorei o pedacinho da Nova Inglaterra que conhecemos, descobri que a-do-ro sopa de molusco (que aqui eles chamam de "clam chowder" e é boa demais), assisti um show fodástico em terras yankees e tive uma companhia pra lá de bacana, com quem adorei passar as férias "togethinho", hahaha.

E é isso, galera! Agora é só rezar pra sexta-feira chegar logo, e vamo que vamo pro 4 de Julho!!


Pegando no pé do tio Harvard - literalmente.

Na Boston Public Library.

A foto ficou uma droga, mas lá estava o Pearl Jam, pra minha alegria!

Num dos jardins de Portsmouth, New Hampshire.

Bruxinha bonitinha da vassoura de capim. :-D

Rockport, a cidade de faz-de-conta.

Rockport.

Rockport, de novo. Tá bom, eu paro. Prometo!!

Geral da Fanueil Hall.

New England Coffee, eu e meu leve estrabismo.

Nós no Boston Public Garden.

O novo no velho, o velho no novo: Trinity Church e Hancock Tower.

terça-feira, 17 de junho de 2008

Eu voltei...

E aí, negada?? O blog já estava pegando um pó lascado, então resolvi passar pra dar notícias do além...

Então, da última vez que eu postei pra cá, aconteceu coisa pra caramba. Lógico, se não acontecesse nada em 20 dias sem postar eu já estaria putíssima... Entre os acontecidos, duas idas a NYC: uma pra ver a Estáuta da Liberdade e Ellis Island - passeio pra lá de recomendado e a preços módicos (viu, Line??) - e outra pra ir ao Metropolitan Museum - outro passeio óóótimo, mas um pouco cansativo pra quem quiser apreciar obras de arte de todas as épocas em um dia só (ah, e no final deste post, um vídeo educativo sobre a importância de não se falar sobre o pipi alheio em público).

Ah, teve também um mini tornado aqui em Maplewood. Mas hein?? Então, gente. Depois de vários dias com um calor de rachar coco, lógico que rolou uma chuva básica. Mas a "chuva básica" aqui derrubou uma porção de árvores, deixou várias casas e carros zoadíssimos e fez a região entrar em estado de emergência. Em conseqüência, a cidade virou uma zona e as crianças ficaram 3 dias sem ir na escola = Mari Z. trabalhando full time por 3 dias. Por Nossa senhora das crianças mimadas, foi uma boa oportunidade pra eu repensar a minha vontade de ter filhos. E aí juntou tudo na mesma semana: as crianças ficando em casa o dia todo, o freela pra entregar (graças a Deus, já foi pra editora e espero que não volte!), o meu host pressionando pra eu tirar a carteira de motorista de NJ, o replanejamento das minhas férias, a notícia de que o curso que eu ia fazer no college foi cancelado... haaaaja coração!!

Bom, mas o importante é o que importa. Ou não. Então, pelo menos agora a situação do tornado já passou, entreguei o freela, tive programas ótimos no fds com a máfia (só faltou a Lari, que a essa hora deve estar torrando no sol jamaicano...) e as kids voltaram a ir pra escola. O mais lindo de tudo? A partir de julho elas passam o dia INTEIRO no camping, até o fim de agosto (palmas, produção!!).

A segunda coisa mais linda: semana que vem tô de férias, minha gente! Êêêêêê! Não vou pra nenhum lugar badalado porque não rolou um tempo hábil pra programar uma viagem longe de NJ, mas vou pra Massachusetts com a Gi e a gente vai se divertir muuuuito, aposto. Ainda mais que vamos pegar um show do Pearl Jam por lá, aí é só alegria, minha senhora!! :-) Se eu sumir do blog por um tempinho, pelo menos tenho uma boa desculpa, hehe.

Bom, por enquanto é o que temos. Vou deixar umas fotas pra ilustrar todo esse falatório. Beijo!

Ventinho chato no ferry pra ver a Estátua...

Com Ania, minha espanholita preferida, e Miss Liberty.

Reencontro da Máfia no Grasshopper

Pagando de nerds no Metropolitan.

Máfia só dá vexame parte I: Segura pra mim, mocinho??

Máfia só dá vexame parte II: Perrrdeu, preibói!

É, a parada foi feia aqui em Maplewood!


E agora, com vcs, o vídeo educativo "Como NÃO se portar em museus"

video

segunda-feira, 2 de junho de 2008

Lerê, lerê...

E aí, gente bonita e gostosona da blogosfera? (nossa, que coisa mais bee).

Então, este post aqui é só pra falar o seguinte: nos próximos dias, vou ficar meio que off do blog por motivos de força maior (leia-se EXTRA). Quem vem pra cá sabe que, pra garantir uma graninha a mais além dos 159 e tralalá que a gente ganha por semana, tem que rebolar - no bom ou no mau sentido, aí vai de cada um.

Mas chega de enrolação: acontece que me mandaram um freela aí do Brasil e eu vou ter que me virar pra revisar vááárias páginas no meu tempo off - mas vai dar pra descolar um $$ muito bem-vindo e, de quebra, exercitar um pouquinho o cérebro, que eu tô precisando, hahaah. Quando a programação voltar ao normal, os senhores telespectadores vão saber. ;-)

Beijomeaddnofacebook (rá!)